Qual é o salário de um DEV remoto?


Nunca houve um momento tão oportuno para você que é ou pretende ser um desenvolvedor de software. Mas se você pensa isso se deve somente ao crescimento do e-commerce e de startups, já avisamos: temos boas novas.

O mapa sobre trabalho remoto, encomendado pela Husky, indica que essa modalidade não somente oferece bons salários, mas também uma melhora na qualidade de vida.

 

Tenha acesso a todos os insights do mapa sobre trabalho remoto da Husky aqui.  

 

Dos quase 700 trabalhadores remotos entrevistados no mapa, 54,4% trabalham com desenvolvimento de software. Nessa amostragem a média salarial é de: 

 

R$14.439,85

 

Obviamente, isso não significa que todos os desenvolvedores de software que trabalham remoto possuem um salário compatível a esse, mas o estudo da Husky indica que pelo menos 50% dos entrevistados estão na faixa de R$10.000,00 mensais, que ainda assim é um número maior do que a média geral (remotos ou não) levantada pela Exame para profissionais com até 8 anos de experiência, que ganham, em média, entre 8.000 a 9.000 reais mensais. 

 

 

As grandes empresas que mais apostam neste regime de trabalho são da área de tecnologia. 

 

O levantamento da Husky indica que as empresas que mais contratam trabalhadores remotos possuem até 500 funcionários (75,8% dos casos). Entretanto, as primeiras companhias gigantes a aderirem essa tendência parecem ser as de tecnologia. Entre elas, receberam destaque a IBM, a CI&T e a Accenture – pioneiras no assunto.

 

 

Todos esses dados indicam bons ventos para você, desenvolvedor. Indicam a oportunidade de conseguir um bom salário e, de quebra, ter todos os benefícios do trabalho remoto, que envolvem qualidade de vida, flexibilidade de horários.

BAIXE COMPLETO: MAPA SOBRE TRABALHO REMOTO

 

 

Não perca dinheiro, baixe o aplicativo agora!